Residência Médica
2 de Março de 2018
PPCI – Hospital Psiquiátrico
20 de Março de 2018

Captação de Órgãos

Na manhã da última quinta-feira (15) o Bloco Cirúrgico do Hospital Geral do Complexo Santa Casa do Rio Grande recebeu mais uma captação de órgãos. Após a manifestação de vontade por parte da família de uma senhora de 67 anos, o procedimento foi realizado pelos profissionais atuantes na Organização e Procura de Órgãos da região (OPO 5) e Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes (CIHDOTT).

Quando identificada a ausência de reflexos de tronco em pacientes acometidos por doença cerebral irreversível, iniciam-se os testes para o diagnóstico de morte encefálica, que consistem em dois exames clínicos realizados por médicos distintos e capacitados, além de um exame complementar de imagem.

Depois de constatada a morte encefálica, que significa a morte do paciente, é realizada a entrevista familiar onde é abordada a possibilidade da doação de órgãos. É neste momento que a família opta ou não pela doação. Com o aceite familiar é comunicada a Central de Transplantes do Rio Grande do Sul, que designa uma equipe especializada, de Porto Alegre, para a remoção de órgãos e tecidos.

Toda a logística da captação foi realizada pela equipe do Centro Cirúrgico do Hospital Geral. No procedimento desta quinta-feira, foram doados os rins, fígado e as córneas. A remoção de fígado e rins foi feita pelo Dr. Juliano Martini e a remoção das córneas pela Enfª Joceler e o Enfº Éder, sob supervisão da Enfª Patricia Mattos, do Banco de Olhos de Pelotas.

A Santa Casa do Rio Grande incentiva a doação de órgãos, para que a cada dia, mais vidas sejam salvas pela solidariedade.

Texto e Fotos: Guilherme Rajão
Assessoria de Comunicação
Complexo Santa Casa do Rio Grande

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Protected with IP Blacklist CloudIP Blacklist Cloud